Benvindos ao Blog da Família Luz

Queridos leitores amigos,

Nossas aventuras em um veículo de recreação (motor-casa) começaram em julho de 2006, nos apaixonamos por este estilo de vida, a família ficou mais unida e ao mesmo tempo livre. Já mudamos de equipamento várias vezes, os motorhomes (motor-casa) sempre foram chamados de SCOOBY, em homenagem ao personagem Scooby-doo. Já o trailer (treiler, em português) tem outro nome, que caracteriza muito bem nossa identidade estradeira:
Turiscar Estradeiro.
Recentemente, vendemos o trailer e compramos novamente um motorhome grande, um Mercedes-Benz 371.

Se quiserem ver fotos do nosso primeiro equipamento é só dar uma olhada no link do nosso primeiro blog:

http://patagoniademotorhome.nafoto.net (fotoblog)

http://patagoniademotorhome.zip.net (blog que descreve nossa viagem à patagonia argentina).

Na paz e no amor...na liberdade!

Atualmente, além de campistas, auxiliamos a venda de veículos de recreação (Motorhomes e Trailers usados). Saiba mais em nosso site: www.luizefrancinimotorhomes.com.br

Saudações Estradeiras!






segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Gatos viajando de motorhome

É possível sim acostumar gatos a viajar de motorhome. E a prova disso é que nossas gatinhas Cristal e Athena se comportaram muito bem durante toda a viagem. Gatos são muito inteligentes e logo aprendem que o motorhome também é a sua segunda casa. Além disso, são animais muito limpos e não necessitam sair  do motorhome. Athena e Cristal são especialistas em equilíbrio, andam tranquilamente pelo motorhome em movimento, brincam e dormem quando tem vontade. Já no caso da nossa cachorra Nina é um pouco mais complicado, pois ela não consegue dormir durante a viagem, fica tensa o tempo todo, só quer ficar no meu colo e ainda temos que fazer pequenos passeios em lugares não muito limpos para que ela possa fazer suas necessidades fisiológicas. Mas, cada caso é um caso particular, pois nós já tivemos uma gatinha chamada Charlote que, infelizmente, não podia entrar num carro que já começava a salivar e babar, ficava muito mal e até vomitava mesmo após tomar "Dramin".

7 comentários:

  1. Só tem que cortar as unhas das gatas para prevenir arranhões.
    Beijos,
    Luiz

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post!
    Meu sonho é ter um motorhome e sair viajando por ai, mas no momento só seria possivel se tivesse um engate p levar os 26 gatos la atras, no segundo vagão... um gatil móvel... rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ellen, realmente é muito bom poder ter um motorhome (uma casa rodante) e poder sair por esse mundo afora, conhecendo novos lugares e pessoas. Ah, adorei o seu blog e o cuidado que tem em arrumar um lar para os gatinhos. Já vou adicionar o seu blog à minha lista de blogs. Abraços, Francini Luz

      Excluir
  3. Oi, gostaria de saber como vocês fazem quando estacionam o motorhome e vão pra praia, por exemplo. Não existe o risco de arrombarem ele e os gatos fugirem? Esse é o meu maior medo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre é muito tranquilo, ficamos sempre em camping quando vamos ficar dias em uma praia. É muito seguro no camping, é só fechar o motorhome, deixar o ar condicionado ligado para os bichanos e sair por algumas horas. Mantenha cortinas fechadas. Tudo certo, não precisa ter medo. Gatos dormem muito o dia todo, principalmente se os donos saem.

      Excluir
  4. e vocês deixam elas darem uma voltinha? eu to com um projeto pra adapta uma kombi pra viver na estrada ms nao queria deixa minhas gatas com minha mae , mas se for pra elas viverem sem poder sair só dentro da kombi nao vai ser legal pra elas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, é complicado quando o projeto envolve morar na casa sobre rodas durante muito tempo. Tudo vai depender do costume dos seus gatos. Nossas gatas vivem em apartamento, então o mundo delas já é bem menor e muito seguro, não há predadores. Quando viajamos com elas no motorhome, elas saem para passear na coleira (com guia). Ficamos sempre atentos, caso apareça algum cachorro. O maior problema é o bichano se assustar e sair correndo, escapar da guia e subir numa árvore ou fugir para muito longe, sei lá. Gatos precisam saber onde é a casa deles e se precisarem fugir, é lá que vão buscar abrigo. Em 2015, quando viajamos com elas para a Argentina, houve um incidente onde uma delas se assustou durante o passeio e correu exatamente para a porta do nosso motorhome. Foi interessante saber como ela sabia exatamente para que direção correr. A dica é já ir acostumando suas gatas a passear com a guia. As nossas foram acostumadas desde pequenas. Tem um post falando sobre isto: http://aventurasdafamilialuz.blogspot.com.br/2012/01/gatas-passeando-na-guia.html

      Excluir